Tricolor venceu por 2 a 1 e saiu da zona de rebaixamento

Na luta contra o rebaixamento, o Bahia recebeu o Corinthians, na Arena Fonte Nova, que ainda sonhava com uma vaga naLibertadores, mas que vinha de derrota dentro de casa. Com os dois times pressionados, mesmo que em situações diferentes na tabela, o jogo disputado em Salvador foi nervoso e truncado, resolvido nos detalhes, ou melhor dizendo, nas falhas defensivas. Gilberto e Ramirez resolveram para o Esquadrão ainda no primeiro tempo, Gabriel descontou para o Timão, e o Tricolor venceu por 2 a 1 e saiu da zona de rebaixamento.

Primeira etapa 

Logo no primeiro minuto de jogo, Araos fez boa jogada pela direita e cruzou na área. A bola sobrou para Gustavo Mosquito, que chutou forte de esquerda. Douglas defendeu sem dificuldades.

Aos 24′, Fagner recebeu de Cantillo na direita, driblou Thiago e cruzou na área, buscando Jô. A bola foi forte demais, e ninguém conseguiu chegar.

Parecendo que apenas um time estava em campo, mais uma vez o Corinthians chegou com perigo, e desta vez, aos 28′, quase abriu o placar com Jô, que recebeu na entrada da área e chutou de primeira. Douglas fechou o ângulo e faz uma grande defesa!

Aos 30′, o Bahia abriu o placar com Gilberto, após aproveitar bate e rebate na área corintiana. Após cruzamento de Rossi na área, Cássio saiu para socar a bola. Na sobra, Ronaldo apareceu e chutou, Gilberto, no meio do caminho, aproveitou e cabeceou para marcar. Bahia 1×0 Corinthians.

O Corinthians chegou a empatar o jogo, aos 38′, com Araos. Em jogada aérea, ele apareceu sozinho na área tricolor, Douglas saiu mal e ele jogou para o fundo das redes. Para a sorte do Bahia, o meia corintiano estava impedido, e o gol foi anulado.

Já nos acréscimos, o Bahia conseguiu ampliar o placar com um golaço do meia Índio Ramirez. Após erro do zagueiro, ele dribolou três jogadores e jogou a bola para o fundo da redes. Bahia 2×0 Corinthians.

Segunda etapa

O Bahia voltou ligado para a segunda etapa, e aos 2′, Thiago perdeu um gol incrível. Após arrancada, Rossi tocou com capricho para Thiago, na pequena área, o atacante saiu de frente com o goleiro e chutou fraco, perdendo uma chance real de gol.

Após falha de Ronaldo, Gabriel roubou a bola e chutou forte de fora da área. Douglas se esticou todo e fez a defesa, jogando para escanteio.

Aos 25′, Gol do Corinthians. Gabriel Pereira avançou pela direita, driblou Juninho Capixaba e tocou em profundidade para Gabriel, que chegou chutando por baixo de Douglas. Bahia 2×1 Corinthians.

Aos 33′, Gilberto recebeu a bola no campo de ataque, invadiu a área pela lateral e chutou forte de esquerda. Cássio defendeu em dois tempos.

Aos 39′, Juninho recebeu cruzamento na segunda trave, subiu sozinho e cabeceou fraco, o que facilitou a defesa de Cássio.

FICHA TÉCNICA
BAHIA X CORINTHIANS

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data e horário: 28 de janeiro de 2021, às 19h (horário de Brasilia)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Árbitro de vídeo: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartão amarelo: Jô (COR), Gregore (BAH), Ramirez (BAH), Ramon (BAH)
Gol: Gilberto (BAH), Ramirez (BAH), Gabriel (COR)

Bahia

Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca (Juninho), Ernando e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Gregore, Ronaldo, Índio Ramirez (Ramon), Rossi (João Pedro) e Thiago; Gilberto (Alesson). Técnico: Dado Cavalcanti.

Corinthians

Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos (Raul Gustavo); Gabriel, Cantillo (Camacho), Araos (Jonathan Cafu), Gustavo Mosquito (Gabriel Pereira) e Mateus Vital (Éderson); Jô. Técnico: Vagner Mancini.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.