O Ministério Público da Bahia (MP-BA), vai investigar a delegada de Polícia Civil (PC) Selma Pereira Lima. Ela, que foi exonerada da PC nesta sexta-feira, 4, é suspeita de ter cometido diversas irregularidades no órgão.

Circula nas redes sociais um documento que seria de autoria do Grupo de Apoio Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público estadual (Gaeco) com acusações sobre sua atuação na PC. Em nota, o MP confirmou que ela está sendo investigada pelo Gaeco.

Selma dirigia até esta sexta-feira, 4, o Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), um dos mais importantes da Polícia Civil. Em nota, a PC esclareceu que a Corregedoria da Instituição (Correpol) tomou conhecimento sobre um relatório com denúncias e iniciou as apurações. Também informou que um procedimento relacionado a diretora do Departamento se encontra em andamento na Correpol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.