Mesmo jogando fora de casa, o Bahia não tomou conhecimento do Nacional-PAR nesta quarta-feira (26) e carimbou a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana com triunfo por 3 a 1. Os paraguaios se jogaram ao ataque desde o primeiro minuto e o time de Roger Machado foi impiedoso nas chances que criadas ao longo do embate.

O Tricolor abriu o placar no estádio Luis Alfonso Giagni, na cidade de Villa Elisa, no Paraguai, logo aos dois minutos de jogo com Élber, após belo lançamento de Rossi. Gilberto marcou duas vezes e ampliou a vantagem tricolor. O camisa nove chegou a marca de seis gols nos últimos quatro duelos disputados. Ao todo, são sete gols em 8 jogos no ano. Villagra fez o gol de honra da equipe paraguaia.

O triunfo diante do Nacional entrou para a história do Esquadrão de Aço, já que essa foi a primeira vez que o clube venceu um confronto fora do Brasil em sua história, tanto por Libertadores quando pela Copa Sul-Americana.

Com as duas goleadas e o saldo de cinco gols, o Bahia se garantiu no pote 1 do sorteio dos confrontos da segunda fase, o mesmo no qual estarão os 10 times que virão da Libertadores e os clubes com as seis melhores campanhas da competição continental. Os outros times que avançarem estarão no pote 2. Por ter avançado, o Tricolor vai embolsar a premiação de R$ 1,5 milhão.

A baixa do jogo ficou por conta do Clayson, que sofreu uma dura entrada e acabou substituído ainda no primeiro tempo. Segundo a assessoria de imprensa do Bahia, ele sentiu dores no joelho direito.

Foto: Felipe Oliveira/E.C.Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.