Apontado pela polícia como um autores do ataque à produtora do grupo Porta dos Fundos, na véspera de Natal, Eduardo Fauzi foi expulso do PSL, informa O Globo.

Fauzi era filiado à ex-legenda de Jair Bolsonaro desde 2001, quando o presidente ainda não integrava o partido.

O presidente da sigla, Luciano Bivar, já havia antecipado que Fauzi seria expulso. Ele está foragido e embarcou para a Rússia no final do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.