Acusado de matar Romualdo Rosário da Costa, o mestre de capoeira Moa do Katendê foi condenado há 22 anos 1 mês de reclusão, após júri popular realizado nesta quinta-feira (21), no Fórum Ruy Barbosa.

O barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana é acusado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) de matar a facadas, o mestre de capoeira, no dia 8 de outubro de 2018, após uma discussão com cunho político. Ele está preso preventivamente desde a ocorrência do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.