A Polícia Federal apreendeu uma pistola Taurus calibre .40 na casa do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot na tarde desta sexta-feira (27). A residência e o escritório de Janot foram alvos de busca e apreensão por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes.

Além da arma, foram levados três carregadores e 24 munições. A PF também apreendeu celular, tablet e computador. O ex-PGR forneceu as senhas dos aparelhos.

Na mesma ocasião, ex-PGR não quis prestar depoimento, mas disse que estava à disposição para agendar uma data para ser ouvido.

Moraes determinou a busca após pedido do ministro do STF Gilmar Mendes, motivado por entrevistas na qual Janot afirmou que, em uma ocasião, foi armado ao STF com o objetivo de matar Gilmar Mendes, mas recuou do plano. O ministro determinou que a PF apreendesse armas, computadores, celulares, tablets e outros dispositivos eletrônicos do ex-PGR.

A busca foi acompanhada por representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Distrito Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.