Música e palestras abriram o primeiro dia do 3º Encontro Técnico e Seminário de Prevenção ao Suicídio e Procedimentos Operacionais. Realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) o evento tem como objetivo alertar militares e civis sobre o tema, que ainda é pouco abordado.

Nesta sexta-feira (20), o encontro vai acontecer a partir das 8 horas na Uninassau, campus Pituba com palestras e mesas-redondas quando o público vai poder entender o quanto a atenção e cuidado com o próximo é importante. Os militares também vão poder discutir sobre as principais técnicas de abordagem.

“Quem cuida também tem que ser cuidado. Chamar a nossa tropa para conversar sobre esse tema mostra o cuidado da corporação com seus militares. Esse é um assunto que precisa ser discutido. Sabemos que uma das principais causas do suicídio é a depressão, que é uma doença e precisa ser tratada. Observar, abraçar ou até escutar alguém já faz a diferença. É importante que elas saibam que não estão sozinhas”, explicou o tenente-coronel BM Jadson Almeida.

Também participam do seminário, representantes do Serviço de Valorização Profissional (Sevap) do CBMBA, além de psicólogos, representantes do Ministério Público Federal (MPF) e voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV). Para que militares e civis percebam a rede de apoio dentro e fora da unidade.

Dados da OMS – De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), na Bahia pelo menos uma pessoa morre vítima de suicídio por dia. Ainda conforme a OMS, no Brasil o quantitativo é 35 pessoas por dia. No mundo, quase um milhão de pessoas morrem vítimas de suicídio por ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.