O pedido de prisão preventiva contra o blogueiro suspeito de atuar como falso dentista em Vitória da Conquista e Itabuna, no interior da Bahia, foi rejeitado pelo juiz Murilo Staut Barreto, da 1ª Vara Crime de Itabuna, nesta quarta-feira (18). A solicitação para a prisão do estudante de odontologia, Paulo Henrico Almeida, de 38 anos, foi feita pelo Ministério Público (MP-BA).

O rapaz ainda não concluiu o curso, mas é suspeito de exercer a profissão mesmo assim. Na internet, ele divulgava fotos de supostos atendimentos que realizava. Informações iniciais dão conta de que os procedimentos realizados por ele teriam causado lesões e mutilações em ao menos 15 pessoas. Caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.