O jornal americano The New York Times destacou em sua capa deste domingo (28), e no site, uma reportagem sobre a política ambiental do governo Bolsonaro, expondo críticas e contradições dos meses de mandato.

Com manchete na primeira página, a matéria, intitulada “Destruição da Floresta Amazônica Acelera”, lembra decisões do presidente, assim como críticas que ele fez a dados oficiais de desmatamento.

“Bolsonaro rejeitou os novos dados sobre o desmatamento, chamando-os de ‘mentira’ – uma afirmação que os especialistas chamam de infundada. Durante uma reunião com jornalistas internacionais na semana passada, o presidente classificou a preocupação com a Amazônia como uma forma de ‘psicose ambiental’ e argumentou que seu uso não deve ser para estrangeiros”, escreve o jornal, em um trecho.

A reportagem também lembra a promessa de Bolsonaro sobre flexibilização das regras ambientais e o corte do orçamento do do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.