Nos últimos dias, um vídeo passou a circular nas redes sociais em que mostra o cantor e compositor Ed Motta fazendo um desabafo contra a cobrança de uma taxa dos Correios. “Eu sempre trouxe o livro o tempo inteiro, não tinha essa taxa, essa taxa veio nessa fase conge aí”, afirmou.

A tarifa em que o artista se refere é o chamado “despacho postal”, que passou a ser cobrada em agosto no ano passado para quem recebe encomendas internacionais pelos Correios, no valor de R$ 15. Antes, só era cobrado na entrega de itens tributados pela Receita Federal, mas segundo a estatal, o aumento das importações obrigou os Correios estenderem para todas as encomendas para manter “o padrão do serviço”.

As imagens foram retiradas de uma transmissão ao vivo do cantor em que ele interage com seus seguidores. Motta ainda tratou a cobrança como ato de dificultar o acesso à informação e chamou os governantes de “turma ignorante”. “Não é só dificultar o acesso à informação não, é que vem de uma turma muito ignorante, o despreparo dos caras, é só ver os caras falando, o português deles é uma lástima, uma coisa horrorosa, e o digníssimo então fala muito mal, fala pessimamente, muito ignorante, meu Deus”

Apesar das declarações contra o Governo, o cantor trasnferiu a culpa do atual momento vivido no país para os eleitores.  “Acho que pior é o povo que colocou esses caras lá. Eu acho bem mais escroto. Os caras estão fazendo o papel deles”, afirmou sem esconder a indignação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.