Uma das maiores vozes do samba no país mandou o recado por meio de suas redes sociais e mostrou todo o seu incômodo com a fala do presidente. Ela diz que não se arrepende de não ter votado nele, mas que também não torce contra o seu governo porque “não é burra” e exigiu um melhor tratamento ao povo nordestino.

“Meu pai sempre me dizia, que meu avó já dizia para ele: “Quem quer respeito, se dá”. E o senhor não está se dando respeito. O senhor precisa respeitar o povo nordestino. Respeite o Maranhão”, cobrou. “O senhor tem medo de facada, tem medo de tiro, mas o senhor precisa ter medo do pensamento. O pensamento é uma força. Pense em mais de 30 milhões de nordestinos pensando contra o senhor? Comece a nos respeitar. Respeite o povo brasileiro”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.