O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), ameaçou neste domingo (23), um repórter do jornal ‘O Globo’. Segundo o veículo, o chefe do executivo teria sido indagado sobre os depósitos feitos por Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

“Estou com vontade de encher a tua boca na porrada, tá?”, disse Bolsonaro em frente à Catedral Metropolitana de Brasília no momento em que foi questionado sobre o fato. Em seguida, o presidente foi questionado pelos jornalistas se aquilo teria sido uma ameaça. No entanto, ele não respondeu e se retirou ao local.

Na sequência, Bolsonaro seguiu para o Palácio da Alvorada, enquanto os jornalistas foram proibidos pelos militares de seguir para o espaço reservado à imprensa na entrada da residência oficial do presidente da República.

De acordo com o Uol, em contato com a Secretaria de Comunicação (Secom) do Ministério das Comunicações, que responde pela Presidência da República, foi perguntado sobre o posicionamento com relação a declaração de Jair Bolsonaro. A Secom informou que “o Planalto não comentará”.

Em nota, o jornal ‘O Globo’ repudiou as ameaças proferidas pelo presidente ao profissional do veículo (confira na integra abaixo). “Tal intimidação mostra que Jair Bolsonaro desconsidera o dever de qualquer servidor público, não importa o cargo, de prestar contas à população”, escreveu o Grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.