proposta do senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) de adiar as eleições 2020 para o dia 6 de dezembro foi aceita pelas lideranças partidárias do Congresso e deve ser votada em plenário, no meio do mês de junho. Pela proposta, o primeiro turno será no dia 06 e o segundo, onde houver, no dia 20 de dezembro. O adiamento se deve à crise do coronavírus, onde as medidas sanitárias evitam aglomerações.

O consenso foi em torno da proposta do senador Randolfe Rodrigues em consonância com outros parlamentares. “Como se trata de emenda constitucional, ficou decidido que a votação do acordo não será virtual, mas presencial”, revela o deputado federal Paes Landim (PTB-PI), em entrevista ao Portal E Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.