A construção abandonada do que seria uma escola pública no bairro do Jardim Castelão, em Lauro de Freitas (Ba), preocupa moradores no bairro por causa do mato alto, lixo e proliferação de animais peçonhentos também tem gerado furtos e assaltos no local.

Segundo um vídeo do orçamento participativo de 2018 onde a prefeitura, prometeu a construção de um camelódromo e uma escola para a comunidade a obra encontra-se parada a gestão da prefeita Moema Gramacho do (PT) até agora deu prioridade a construção de um parquinho na praça da mangueira. Segundo moradores o bairro só tem uma creche municipal e uma escola em funcionamento falta vagas para os alunos da rede municipal. 

Acúmlo de lixo e abndono.

Lixo descartado no local ajuda na proliferação de animais peçonhentos — Foto: Leitor Blog De Olho Na Notícia

O aposentado Benedito Teixeira disse que o acúmulo de lixo e sujeira descartados no local, que incomoda os vizinhos, faz com que as casas da vizinhança sejam tomadas por bichos e insetos.

“Muita barata, rato, insetos, então preocupa a nossa vizinhança, porque tem as crianças da escola aqui e são muitos problemas”, disse.

Além do acúmulo de lixo e proliferação de bichos no local os moradores também reclamam do gasto desnecessário do dinheiro público.

Segundo os moradores, a construção também virou ponto de encontro para usuários de drogas durante a noite e nenhuma resposta nunca foi dada pela prefeitura.

Descaso da gestão

Prédio seria destinado à escola de ensino fundamental e um camelodromo: Foto: Leitor Blog de olho na notícia.

Segundo, os moradores a prefeitura não informou quando a obra será retomada a construção do prédio da Escola de Ensino Fundamental do Castelão e o camelódromo continua paralisada.

Assita ao vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.