Logo após a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) suspender o fornecimento no Barradão, o presidente Paulo Carneiro afirmou através de áudios compartilhados na internet que um poço artesiano iria fornecer água para o complexo esportivo e que o corte não mexeria com a rotina do Rubro-Negro. No entanto, a situação não é tão simples como parece.

A água do poço artesiano instalado no Barradão não pode ser utilizada para consumo humano. O fato foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta sexta-feira (23).

De acordo com a pasta, técnicos da Vigilâncias Sanitária e Ambiental estiveram no local para realizar o monitoramento da qualidade da água e informaram sobre a impossibilidade da utilização do poço artesiano.

Isso ocorre porque o Anexo XX do Controle e da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano e seu Padrão de Qualidade, da Portaria de Consolidação n° 5 do Ministério da Saúde de 3 de outubro de 2017, proíbe o uso dessa solução alternativa em localidades beneficiadas por rede de distribuição de água, exceto em situação de emergência e intermitência.

Portanto, toda água utilizada para consumo no equipamento esportivo nos próximos dias deve ser fornecida somente através de carros pipas, com o intuito de manter os padrões de potabilidade.

Controle de água 

De acordo com a SMS, uma visita da equipe da Vigilância Sanitária está programada para acontecer no Barradão neste sábado (24), antes do duelo entre Vitória e Operário, pela 18ª rodada da Série B. Os técnicos analisarão se a água fornecida no estádio está dentro dos padrões de potabilidade exigidos por lei.

Em nota, a pasta informou que a água utilizada durante a partida entre Vitória e América (MG), na última quarta-feira (21), “foi do reservatório instalado no estádio, fornecido pela Embasa antes da suspensão do abastecimento”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.