O vice-prefeito Bruno Reis (DEM) se reuniu, na tarde desta terça-feira (6), com o líder do Movimento Brasil Livre Bahia (MBL-BA), Siqueira Costa Júnior, para uma reunião a portas fechadas no Palácio Thomé de Souza. Segundo o BNews apurou, a conversa se desenvolveu em torno dos posicionamentos do grupo diante da gestão municipal e também sobre a eleição de 2020.

Os ativistas vêm tecendo críticas contra os governistas. A expressão máxima da insatisfação é o vereador Cezar Leite (PSDB), que tem votado contrariamente em projetos de interesse da prefeitura (a exemplo da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020).

Existia um temor de que o tucano votasse contra a isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) para empresas de transporte público em Salvador. A prefeitura precisará de 29 votos para aprovar a medida – ou seja toda a base governista. O edil já declarou que votará a favor por convicção própria.

Bruno também sondou a respeito do apoio do MBL-BA na eleição de 2020. Ao BNews, Siqueira afirmou que o grupo não vai apoiar políticos no próximo pleito. “O MBL-BA não apoiará ninguém institucionalmente, mas os membros poderão se posicionar individualmente”, sinalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.