Um homem que supostamente era indicação de uma vereadora da cidade de Lauro de Freitas na Coopserba cooperativa que presta serviços na prefeitura municipal de Lauro de Freitas e trabalhava como porteiro escolar na escola Municipal Pedro Paranhos em Portão foi preso, nesta segunda-feira (22), acusado de violentar e engravidar uma adolescente de 13 anos, sobrinha de sua mulher, em Portão, Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Segundo a Polícia Civil, o porteiro Roque Cunha dos Santos, de 55, teve a prisão anunciada pela delegada Andrea Arraes, titular da 34ª Delegacia Territorial (DT).

Ainda de acordo com a polícia, a menina ficava na casa da tia, junto com outros irmãos menores, para que a mãe pudesse trabalhar. Assim que tomou conhecimento do caso, a equipe da 34ª DT/Portão encaminhou a vítima para realização de exames periciais que constataram o abuso e a gestação.

Roque confessou o crime, que vinha sendo cometido há pelo menos seis meses, e após o cumprimento do mandado de prisão preventiva, deverá ser encaminhado ao sistema prisional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.