O Ministério Público Federal (MPF), através do TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região), com sede em Brasília, em decisão do desembargador Lauro Pinto Cardoso Neto tornada pública agora, ofereceu denúncia para 32 pessoas envolvidas na fatídica e conhecida “operação fraternos”.

Entre elas estão José Robério Oliveira e Claudia Oliveira, à época, prefeitos dos municípios de Eunápolis/BA e de Porto Seguro/BA.

Claudia Oliveira, aliás, aliada de Rui Costa (PT) na Bahia, espera ser nomeada para um cargo no Governo do Estado, já que desde janeiro está fora do comando da Prefeitura de Porto Seguro.

O nome dela estava cotado para ser nomeado para um cargo no governo do estado. Mas até o momento o governador Rui Costa não nomeou a ex-prefeita.

A ex-vereadora Lívia Bitencourt (PT) mostrou mais prestigio que a ex-prefeita Cláudia, já que foi indicada pelo governador Rui Costa, para a Assessoria Especial da SJDHS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.