Cardiologista Ludhmila Hajjar recusou convite na tarde desta segunda-feira

Após a cardiologista Ludhmila Hajjar recusar convite do presidente Bolsonaro para assumir o Ministério da Saúde no lugar de Pazuello, o médico Marcelo Queiroga vai assumir a pasta, segundo informações da CNN Brasil.

O especialista se reuniu no gabinete presidencial, na noite desta segunda-feira (15). A tendência é que a nomeação saia no Diário Oficial da União desta terça-feira (16), ainda de acordo com o canal. Queiroga é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia e vai substituir o general Eduardo Pazuello.

Ele é natural de João Pessoa e formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba. Além disso, fez residência em cardiologia no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro. Tem especialização em cardiologia, com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista. O médico terá o desafio de assumir a logística de compra e distribuição de vacinas contra a Covid-19 no momento mais crítico da segunda onda da pandemia, que já registra mais de 2 mil mortes diárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.