Faltam menos de três semanas para a estreia do Big Brother Brasil 21. Conforme 25 de janeiro se aproxima, mais nomes começam a ser apontados como prováveis participantes da casa, principalmente no “Camarote”. Dentre esses, o baiano que está cotado para honrar o legado de Anamara, Mari Baianinha, Jean Willys, dentre outros representantes históricos, é Ney Lima.

A fala, no entanto, pode ser apenas mais um drible do “Menino Ney”, que está acostumado a superar desafios para construir sua carreira.

Antes de brilhar na web, onde hoje tem quase 4 milhões de seguidores só no Instagram, o baiano de Serrinha já foi catador de lixo, trabalhador doméstico, embalador de compras em supermercado e balconista de padaria. Mas isso era quando ele ainda era Claudinei, seu nome de batismo.

Mesmo com o cenário desfavorável, Ney já planejava o caminho que queria trilhar. Ele nunca escondeu que queria ser famoso e para atingir seu objetivo começou a fazer piada com seu cotidiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.