O reajuste na tarifa de ônibus em Salvador, que custa R$ 4,20 atualmente, ainda será analisado pela equipe da prefeitura após a transição para a gestão do prefeito eleito Bruno Reis.

De acordo com ele, não haverá aumento já no dia 1º, como é costumaz, e a nova equipe que irá compor seu secretariado irá analisar os contratos vigentes com as concessionárias de transporte da capital antes de determinar um novo preço.

“Existe um contrato em vigor da concessão do serviço público de transporte, que prevê um reajuste anual, com base em uma série de critérios. Vamos ter uma nova equipe, que vai analisar a partir de 1° de janeiro o cumprimento ou não dessas obrigações”, afirmou.

O último aumento de tarifa em Salvador, de R$ 4 para os R$ 4,20 vigentes, aconteceu em março após acordo com as empresas de transportes mediante a promessa de entrega de 300 ônibus com ar-condicionado durante o ano.

Foto: Uendel Galter / AG. A TARDE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.