O trabalho desenvolvido pelas mulheres na área empresarial ganhou reconhecimento do município de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, com a instituição do Dia Municipal do Empreendedorismo Feminino.

A partir do projeto de Lei 84/2000, todo dia 19 de novembro será dedicado à mulher empreendedora, como forma de incentivar o reparo das desigualdades de gênero verificadas no mundo empresarial.

O PL somente foi possível graças à firme atuação da Câmara da Mulher Empresária (CME) da Federação do Comércio (Fecomércio) e à visibilidade obtida pela agenda de capacitação e palestras para mulheres empreendedoras das mais diversas áreas.

A criação da data comemorativa visa homenagear o esforço destas mulheres, não só na inovação para disputar clientela, mas também pelo empenho para manter os novos negócios propostos.

 De acordo com o PL, aprovado pela Câmara de Lauro de Freitas, no Dia Municipal do Empreendedorismo Feminino devem ser ministrados cursos, encontros, palestras e workshops gratuitos voltados ao público-alvo.

O antigo conceito de empregabilidade como valor maior na inserção da mulher no mercado de trabalho vem sendo substituído pelo empreendedorismo, seguindo a lógica de comandar a si mesma em vez de seguir as ordens de um patrão ou patroa.

Embora possa causar algum impacto no lucro das empresas mais consistentes, em razão de perda de mão de obra e consequente influência no aumento dos ordenados, o empreendedorismo feminino pode ajudar a reduzir a exclusão da mulher no mercado.

Fonte: Atarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.