O Esporte Clube Bahia anunciou nesta quinta-feira, 24, a reintegração do meia colombiano Juan Pablo Ramirez, acusado de ter feito ofensas racistas ao jogador Gerson, do Flamengo, na partida do último domingo, 20.

Após apuração interna e afastamento do meia, que durou três dias, o Bahia afirmou não ter encontrado provas de que o atleta teria dito “cala a boca, negro” como alegado pelo meia do Flamengo.

Ainda que tenha reintegrado o jogador, o Bahia afirmou que estará atento aos pareceres paralelos que serão dados pela polícia e pelo Ministério Público, para tomar uma decisão definitiva sobre o jogador. A decisão foi anunciada pelo presidente Guilherme Bellintani em entrevista ao programa TVE Revista.

“Conseguimos fazer uma investigação que a gente entende como razoavelmente profunda dentro do que a gente teve disponível para analisar. Não conseguimos ir além da palavra da vítima, e com isso não estou minimizando a importância da palavra da vítima. Eu não consegui cravar que a decisão mais correta seria abandonar a presunção de inocência de Ramírez. Consolidamos a ideia de que ele deve continuar no clube, ser reintegrado imediatamente e ficaremos atentos aos processos paralelos que estão acontecendo: polícia, Ministério Público, STJD”, afirmou o presidente

Carta à sociedade

Através de suas redes e de seu site oficial, o Bahia divulgou uma carta onde intenciona “agir estruturalmente e aprofundar o debate racial” no futebol brasileiro.

Em uma série de pontos abordados, o tricolor baiano listou as práticas desenvolvidas para contribuir no debate através do seu Núcleo de Ações Afirmativas (NAA) e especificou quais foram os procedimentos institucionais do clube durante a apuração ao caso.

Além disso, o Bahia listou uma série de medidas estruturais que irá tomar para contribuir com o debate no esporte como a inclusão de uma cláusula anti-racista, xenofóbica e homofóbica no contrato dos atletas e a criação de protocolo antidiscriminatório para jogos de futebol entre outras.

A carta pode ser lída na íntegra no site do Clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.