O aeroporto de Salvador estreia amanhã, a partir das 14h30, testes do projeto-piloto do governo federal de embarque aéreo com uso de reconhecimento facial.

A tecnologia, denominada de Embarque Seguro, foi desenvolvida pelo Serpro, empresa de inteligência em tecnologia da informação, em parceria com o Ministério da Infraestrutura (MInfra).

O projeto tem como objetivo tornar mais eficiente o processo de embarque nos aeroportos e mais seguras as viagens aéreas, com a identificação de pessoas em circulação.

Os testes acontecerão na área de embarque, no portão 17, portanto vale a pena chegar com antecedência para a estreia do projeto, cujo objetivo é aumentar a segurança dos passageiros e tripulantes.

Um porta-voz do Serpro e outro da Gunnebo, uma das empresas fornecedoras da tecnologia de reconhecimento fácil, estarão no local para tirar dúvidas e atender aos jornalistas.

O ponto de encontro será no último piso, o mais próximo do acesso ao embarque, mas, para evitar aglomerações, as pessoas deverão manter o distanciamento básico de dois metros.

O método de identificação já vem sendo utilizado com baixa margem de erro em estações de transbordo de ônibus e metrôs de grandes capitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.