Ele voltou a criticar a falta de planejamento do governo federal em relação à vacinação. “Nesse momento, o mais importante é que todos somem os esforços”, disse. “Não interessa se é a do Butantan, se é a da Pfizer… Aquela que estiver acessível, comercializada e for segura, nós temos que correr atrás”.

Para o momento de alta de casos de covid na capital, o prefeito diz que determinou aceleração na disponibilização de novos leitos clínicos e de UTI para pacientes. “Meu desejo é que a gente volte ao patamar que foi ofertado pela prefeitura no pico da pandemia aqui em Salvador. Hoje estamos com taxa de ocupação de 65%. Está variando de 50% a 70%. Relativamente sob controle”, afirmou, dizendo que agora é a hora de se preparar para “um cenário mais complicado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.