Candidata à prefeitura de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Moema Gramacho (PT) aparece isolada na liderança das intenções de voto espontânea, com 40%, conforme aponta a mais recente pesquisa Painel Brasil, divulgada nesta quarta-feira (11). O empresário Teobaldo Costa (DEM) aparece na segunda colocação com 21%, seguido de indecisos, que somam 18% das intenções.

Ao todo, o município conta com 145.205, segundo apontam os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Já que Lauro de Freitas não realiza segundo turno, com essa intenção de resultado, é provável que a petista seja reeleita por mais quatro anos. Registrada no TSE de nº BA-05912/2020, a pesquisa do Painel Brasil contou com uma amostra de 600 entrevistas, realizadas entre 31 de outubro e 2 de novembro. O nível de confiança é de 95%, com variância máxima e erro amostral máximo admitido de 4,0%.

Nas intenções de voto estimulada, Moema segue na liderança com 44%, enquanto o adversário democrata cresceu 1%, alcançando 22% das intenções dos eleitores de Lauro de Freitas. Mirela Macedo (PSD) aparece com 11%, empatada com o número de eleitores que ainda não sabe em quem votar. Os votos brancos e nulos somaram 6% das intenções.

Os eleitores que falaram o nome de Moema Gramacho como a candidata escolhida para o dia 15 de novembro, 90% apresentou certeza na decisão, contra 8% que ainda pode mudar. Os que se decidiram por Teobaldo têm 89% de certeza do voto, enquanto 10% reconheceu que ainda pode mudar a escolha.

A pesquisa Painel Brasil, divulgada nesta quarta-feira (11), aponta ainda que 49% do eleitorado municipal acredita na vitória de Moema Gramacho no próximo domingo (15), enquanto 26% aposta em Teobaldo, 3% em Mirela Macedo e 1% dos entrevistados apontou Felipe Manassés como vitorioso. Nenhum eleitor acredita na vitória de Marcello Santana (MDB).

Pesquisa derrubada

Uma pesquisa eleitoral divulgada pelo candidato Teobaldo Costa (DEM) no Instagram, no último dia 30 de outubro, foi derrubada pelo Tribunal Reginal Eleitoral da Bahia nesta terça-feira (10). O levantamento mostrava que o postulante estaria na liderança das intenções de voto no município. A liminar foi concedida pelo juiz Ivan Figueiredo Dourado, da 180ª Zona Eleitoral, após ação protocolada pela coligação encabeçada pela candidata Moema Gramacho (PT).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.