O juiz Wilson Gomes de Souza Júnior decretou nesta terça-feira (10) a prisão preventiva de Milton Matias dos Santos, acusado de ter praticado crime sexual contra duas crianças, que seriam netas de sua companheira. O ato teria acontecido durante a madrugada, na própria residência do acusado em Lauro de Freitas (BA).

Milton foi indiciado por estupro de vulnerável, e sua prisão preventiva foi justificada pelo risco social para as próprias vítimas e para as mulheres da comunidade local. O acusado teve sua prisão em flagrante não homologada pois ele foi conduzido à delegacia apenas na noite do dia posterior aos fatos.
(BNews)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.