A pré-candidata a vereadora em Lauro de Freitas Rosana Paixão nesta última quinta-feira (13), estava gravando um vídeo para falar da falta de acessibilidade do Caps-II, na cidade de Lauro de Freitas na Bahia, ao mostrar a frente da unidade foi sinalizada por uma mãe de um paciente que faz acompanhamento no local a senhora identificou-se como Dona Vera Lúcia.

Segundo Dona Vera ela é moradora do bairro do Chafariz e tem um filho de 34 anos que faz tratamento psiquiátrico na unidade a falta de acessibilidade é apenas um dos problemas que ela enfrenta para chegar até o CAPAS II  a falta de higiene e de pessoal e as instalações precárias do Centro de Atenção Psicossocial  (Caps) comprometem o atendimento aos pacientes que sofrem de doenças mentais.  A situação de abandono do posto pode ser vista logo na entrada . A falta de medicamentos é outra situação constante segundo ela.

Vera Lúcia moradora do Chafariz

Sempre quando venho aqui de dois em dois meses eles dizem Só vai levar esse ” Há venha na próxima semana! “Mais eles tem que entender que não temos transporte para  ficar pra lá e pra cá” Tá faltando as coisas Fernegan, respiridona, injeções as vezes tem as vezes não tem, diazepam fica faltando”.

Para Rosana Paixão que é farmacêutica, esses medicamentos são essências para o tratamento desses pacientes e estão faltando no municipio.  Dona Vera Lucia disse: ” O pior de tudo é que  eles não olham a situação da gente querem que a gente aceite o que eles querem se tiver remédio leva se não tiver não leva niguém faz nada” concluiu Vera Lúcia.

Veja o vídeo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.