A cúpula nacional do PDT decidiu que o partido terá candidato em Salvador mesmo que o secretário de Saúde da capital baiana, Léo Prates, não consiga se colocar no páreo a tempo de disputar.

De acordo com a coluna Satélite, do jornal Correio, no PDT já começou a discussão de quem poderá substituir Prates na briga pelo Thomé de Souza. Até agora, o perfil definido como ideal pelo diretório é de uma mulher negra ligada ao movimento cultural baiano.

Os nomes das possíveis candidatas, porém, ainda são mantidos em sigilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.