Um motorista de aplicativo, de 49 anos, foi flagrado em uma emboscada policial tentando encontrar uma garota de 13 na cidade de Manchester, nos Estados Unidos. O flagrante aconteceu em janeiro e o fato foi divulgado nesta semana, após o julgamento. O homem foi condenado a três anos e quatro meses de prisão.

Durante investigação, um detetive entrou em um aplicativo de conversas e se passou pela garota de 13 anos. Nas conversas, que tiveram teor sexual várias vezes, o homem insistiu em encontrar a “garota” prometendo vários presentes.

O detetive então marcou encontro com ele em um ponto da cidade e, chegando ao local, o homem foi recebido por policiais e preso em flagrante.

A Polícia descobriu ainda que o homem, que é pai de duas crianças, enviou imagens íntimas a outras garotas menores de idade da região e tentou pagar a menores por sexo.

Ele foi condenado a três anos e quatro meses por distribuição de imagens de pedofilia, tentativa de fazer uma criança ver atividades sexuais e tentativa de encontro com menor de idade.

Em sua defesa, o homem culpou suas atitudes pelo casamento sem sexo e pelo trabalho. Ele afirmou que procurou pelas garotas por se sentir isolado e entediado.

Segundo a investigação, ele participou de uma rede de distribuição de imagens de pedofilia, envolvendo menores de 16 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.