As Eleições Municipais 2020, que ocorrem em outubro deste ano, poderá ser adiada. A informação foi dada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e também um dos onze ministros Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, em entrevista a Agência Brasil.

“A possibilidade de adiamento das eleições é real”, disse o ministro. A data deve ser definida ainda esse mês, mas Barroso alerta que a intenção dos colegas é manter o planejamento atual. 

“Eu penso que ao longo do mês de junho a Justiça Eleitoral e o Congresso Nacional, numa interlocução construtiva, deverão bater o martelo acerca de novas datas se sepultarmos que isso seja indispensável, embora seja propósito dos ministros do TSE e dos presidentes da Câmara e do Senado não remarcar para nenhuma data além deste ano”, relatou. 

O presidente do STE também comentou a Lei da Ficha Limpa, que comemora 10 anos. “Temos os casos das candidaturas que não são registradas, assim se impede que alguém que não tinha bons antecedentes para fins eleitorais sequer fosse candidato. Nesse caso, há muitos milhares. E temos muitas centenas de decisões de candidatos que chegaram a participar de eleições, muitos concorreram com liminar obtida na Justiça e depois foram julgados inidôneos e tiveram o registro cassado”, explicou. (Aratu)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.