o presidente Guilherme Bellintani respondeu a declaração do ex-volante. Em contato com o Galáticos Online, o dirigente revelou já ter ajudado, com alguns torcedores, o ídolo do Tricolor a pagar pensão alimentícia.

Ainda segundo o mandatário, o nome do ex-jogador não foi incluído no prograama ‘Dignidade ao Ídolo’ por não ter sido aprovado pelo Conselho Deliberativo. Bellintani, porém, prometeu levar o caso do ex-atleta para uma reavaliação dos conselheiros.

“Da última vez que Lima estava ameaçado de prisão por não pagamento da pensão alimentícia, eu e alguns torcedores nos juntamos e pagamos a dívida dele. Nem divulgamos isso porque é um assunto muito íntimo dele. Mas não conseguimos fazer isso sempre. É um grande ídolo do clube. Apresentamos a ele o programa dignidade aos ídolos, criado já na minha gestão. Ele participou do processo, mas o conselho deliberativo entendeu que ele não cumpria os requisitos. Vou sugerir aos conselheiros que voltem a analisar a inclusão de Lima no programa. Os conselheiros tem sido muito sensíveis aos nossos ídolos em situação financeira ruim, vou sugerir que reavaliem esse caso. O programa chegou há dois anos e já ajuda muita gente que fez a história do Bahia”, disse o presidente.

Cabo Lima alega ter dificuldades financeiras e, por isso, atrasou o pagamento da pensão. O ex-volante revelou ter mandado de prisão aberto por não conseguir cumprir o compromisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.