O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA), Fabrício Oliveira, se manifestou contrário à posição do presidente da República, Jair Bolsonaro, que desfez a maior parte dos esforços das autoridades de saúde no combate ao coronavírus.

“O país assistiu incrédulo o pronunciamento em rede nacional do PR Jair Bolsonaro. Contraria a orientação da OMS e de seu próprio governo. O Ministério da Saúde adverte: #fiqueemcasa”, escreveu Oliveira nesta terça-feira (24), em seu perfil no Twitter.

Em seu pronunciamento, Bolsonaro disse que autoridades estaduais e municipais devem abandonar a proibição de transporte, fechamento do comércio e o confinamento em massa. “O que se tem mostrado no mundo é que o grupo de risco é o das pessoas acima dos 60 anos. Então por que fechar as escolas? Raros são os casos fatais de pessoas sãs, com menos de 40 anos de idade. 90% de nós não teremos qualquer manifestação, caso se contamine. Devemos, sim, ter extrema preocupação em não transmitir o vírus para os nossos queridos pais e avós, respeitando as orientações do Ministério da Saúde”, alegou o presidente da República.

Fabrício C Oliveira@Fabricio1974

O país assistiu incrédulo o pronunciamento em rede nacional do PR Jair Bolsonaro. Contraria a orientação da OMS e de seu próprio governo. O Ministério da Saúde adverte: #fiqueemcasa2121:54 – 24 de mar de 2020Informações e privacidade no Twitter AdsVeja outros Tweets de Fabrício C Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.