Preso há uma semana no Paraguai, o ex-craque brasileiro Ronaldinho Gaúcho começa, pouco a pouco, a se integrar à rotina dos outros detentos. O ex-jogador participou esta semana de uma partida de futsal na Agrupación Especializada, cadeia onde está detido em Assunção. Ronaldinho Gaúcho não quis participar do campeonato de futebol iniciado esta semana na cadeia. Mas, de acordo com o jornal paraguaio “Hoy”, o brasileiro aceitou um convite para jogar uma partida de futsal com outros presos.

A reportagem do “Hoy” cita um relato do jornalista Iván Leguizamón na rede de TV ABC sobre o jogo de futsal. Leguizamón contou, com base em relatos de policiais que trabalham na Agrupación Especializada, que Ronaldinho estava conversando com um dos guardas da prisão quando foi chamado para integrar um dos times que jogavam na quadra de futsal.

Ainda segundo o jornalista, Ronaldinho atuou no time de Fernando González Karjallo, ex-presidente do Sportivo Luqueño, que também está preso no local. Coube a outro detento famoso, o deputado Miguel Cuevas, tentar marcar Ronaldinho, sem sucesso. O ex-camisa 10 da seleção brasileira comandou a goleada da sua equipe por 11 a 2, com cinco gols e seis assistências.

Em entrevista à Rádio Ñanduti, também citada na reportagem do “Hoy”, o chefe da Agrupación Especializada, Blas Vera, afirmou que percebe nos últimos dias que Ronaldinho está menos abatido e tem saído mais vezes ao pátio da prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.