Implantado na capital em dezembro de 2018, o sistema de câmeras capazes de reconhecer um suspeito foragido ou procurado será ampliado durante os dias de Carnval. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), 300 câmeras vão funcionar nos circuitos Dodô (Barra/Ondina), Osmar (Centro) e Batatinha (Centro Histórico) – os oficiais da folia.

O monitoramente, que em 2019 funcionou durante os dias de festa em fase de teste, lembra a pasta, ajudou a localizar um homem que era considerado foragido da Justiça por crime de homicídio. Então suspeito, mesmo vestido de mulher ele foi reconhecido pelos equipamentos, que mandou um comando para o Centro de Operações e Inteligência (COI) da SSP.

Esse ano, a tecnologia será empregada também em pontos de entrada e saída, além de estações de transporte público, acrescenta a SSP-BA, que atribui ao sistema 134 prisões de foragidos pelos crimes de homicídio, estupro, tráfico de drogas, roubo e furto em pouco mais de um ano.

Os equipamentos são acompanhados 24h por equipes no COI. Dez drones do Grupamento Aéreo (Graer) também enviarão imagens em tempo real para o Centro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.