O presidente do Instituto Malcolm X e ex-deputado estadual Alcindo Anunciação (PP) cobrou do comandante da Polícia Militar do Estado da Bahia “punição exemplar para o PM que espancou um adolescente em Paripe. Segundo ele, “a maioria dos PMS são honrados. Mas alguns policiais militares, ao verem pessoas negras, fazem abordagens violentas e às vezes batem e xingam. Inclusive, em menos de dez dias três fatos de violência contra os cidadãos vieram à tona. Mas isso é só a ponta do iceberg. Pois as pessoas não denunciam por medo”, afirmou Anunciação.

Segundo ele, “o comando da PM precisa sair do discurso. Essa apuração da polícia não vai a lugar nenhum se não houver uma forte pressão popular”, afirmou. Ele recorda que sua família já foi vítima de truculência policial. “Na época fui à Corregedoria da PM e não ocorreu nada”, lamentou. Segundo ele, são poucos os PMS que agem com violência, mas estas atitudes maculam a imagem da instituição Polícia Militar do Estado da Bahia.

Ele encaminhará um ofício ao comando da PM relatando diversos casos de truculência que não tiveram punição. “Esta proteção do comando da PM a alguns policiais violentos está maculando a imagem da instituição”, reclamou. Ele afirmou que os movimentos sociais precisam se unir contra esta situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.