O mês de dezembro foi especial para o goleiro Bruno Fernandes. Cumprindo pena em regime semiaberto domiciliar desde 19 de julho do ano passado, o goleiro Bruno Fernandes, condenado em 2013 a 20 anos e 9 meses de prisão pela morte da modelo Eliza Samudio, voltou a pisar na areia de uma praia, depois de passar mais de nove anos na prisão. Ele também comemorou, fora da cela, o aniversário dele de 35 anos.

No dia 28 de dezembro, o condenado publicou, no perfil dele no Instagram, uma foto com a mulher com quem casou-se na prisão, a dentista Ingrid Calheiros Oliveira, e a filha do casal, de 2 anos recém-completos, numa praia de Cabo Frio (RJ).

“Poxa! Assim nos despedimos de Cabo Frio com um até breve. Obrigado Cabo Frio pelo carinho!”, postou ele, com três emojis de choro.

Em 26 de dezembro, um dia depois do Natal, Bruno postou outra foto dele com a mulher e a filha, também em Cabo Frio.

“Bom dia, Cabo Frio! Inicio o dia com essa praia maravilhosa e com os amores da minha vida! Bruna Vitória e Maria Eduarda, faltaram vocês. Beijos”, escreveu ele, referindo-se às duas filhas dele com Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, com quem era casado quando Elisa desapareceu, em julho de 2010, e foi dada como morta pela Justiça depois.

Ainda em Cabo Frio, o goleiro Bruno postou foto dele na loja Nação Rubro-negra, no Shopping Park Lagos, com a bandeira do Flamengo e alguns fãs ao lado.

“Queria agradecer a receptividade, carinho de todos. Me senti muito amado, querido, acolhido e feliz”, diz parte da mensagem dele, que também fala das pessoas que pediram autógrafos a ele ou simplesmente apertaram a mão dele. “Vocês me deram mais combustível para correr atrás dos meus sonhos”, comentou.

Aniversário em liberdade

Bruno, que nasceu em 23 de dezembro de 1984, em Belo Horizonte, também postou foto dele comemorando a data. “Comemorando meu niver e véspera do Natal com meus amigos”, escreveu o goleiro, usando gorro de Papai Noel e abraçado por dois amigos.

Na foto anterior, postada em 20 de dezembro de 2019, ele aparece sem camisa e abraçado com as filhas adolescentes do primeiro casamento. “Princesas de BH. Meus bebês estão crescendo rápido! Obrigado meu Deus por tamanha benção na minha vida”, comentou.

No dia 5 de outubro do ano passado, Bruno estreou a camisa do Poços de Caldas, time do Sul de Minas. Ele defendeu a equipe em um amistoso contra o Independente de Juruaia, no Estádio Benedito Bandola de Oliveira, em sua primeira partida desde que obteve na Justiça o direito de cumprir pena em regime semiaberto.

Bruno reside em Varginha, no Sul de Minas, e o juiz da Vara de Execuções Penais da comarca, Tarciso Moreira de Souza, o autorizou a se deslocar até Poços de Caldas para participar do amistoso contra o Independente de Juruaia.

Ele deveria retornar para casa, em caráter excepcional, às 21h — o horário exigido normalmente é às 20h.

Entre as condições para Bruno permanecer no semiaberto, estão manter endereço atualizado perante a Justiça, estar trabalhando e recolher-se em casa a partir das 20h, até as 6h da manhã seguinte.

Reação da mãe de Eliza 

A mãe de Eliza Samudio, a sitiante Sônia de  Fátima Moura, afirma que o goleiro Bruno não deveria ter deixado o Estado de Minas Gerais, por ser um preso albergado.

“Ele não pode sair do Estado sem autorização judicial. Ele tem que se recolher na casa dele depois das 21h e ficar lá até 6h do dia seguinte.  Ele é um preso comum, como qualquer outro do semiaberto. Como ele não está no semiaberto, ele está no domiciliar. Na segunda-feira vou procurar saber como ele conseguiu para passear fora do Estado”, reagiu Sônia, que cuida do filho de Eliza com Bruno, o Brunino, de 9 anos.

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) informou que o goleiro Bruno foi beneficiado pela saída temporária em 13 de dezembro, mas não informou por quantos dias ele teve autorização para se ausentar de Varginha, e se poderia ter saído do Estado. A reportagem não conseguiu falar com a advogada do goleiro, Mariana Migliorini.x

CAPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.