Uma mansão paradisíaca localizada na Ilha dos Macacos, em Angra dos Reis (RJ), foi visitada pela Polícia Federal na última fase da Operação Lava Jato, denominada “Mapa da Mina”.

Inúmeras “coincidências” estão levando a PF a crer que o verdadeiro dono do imóvel seja o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que o bem tenha sido adquirido com propina advinda dos negócios obscuros realizados pelo grupo de Lulinha com a operadora OI.

Chamou a atenção da polícia a coincidência da compra do imóvel ter ocorrido logo após as empresas de Suassuna assinarem contratos com a operadora de telefonia. Ainda, a casa em Angra foi comprada na mesma época que o sítio de Atibaia. Além disso, a família Lula também frequentava o imóvel no litoral do Rio de Janeiro, e assim como em Atibaia, a residência também teria um quarto exclusivo para o ex-presidente.

No vídeo abaixo, a reportagem realizada pelo Jornal da Record.

Veja o vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.