Ainda de acordo com a SSP, a suspeita, identificada como Angeline Duarte, foi encontrada após uma denúncia anônima de movimentação estranha próxima a casa dela, no bairro do Portão. No imóvel, também foram encontrados pinos para embalar cocaína e uma balança.

Segundo a SSP, Angeline confessou que faz parte de um grupo criminoso e que é responsável pelo transporte do dinheiro ilícito da quadrilha. Angeline foi encaminhada para a 34ª Delegacia, em Portão, e autuada por associação ao tráfico.

“Ela [mulher presa] contou que recolhe o dinheiro para o chefe do tráfico de Portão e que mantinha contato com presidiários. O telefone dela está apreendido e passará por perícia”, explicou, em nota, a delegada Andrea Barreto Arrais, titular da 34ª Delegacia. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.