Após uma audiência de custódia realizada na manhã desta terça-feira (03), no Fórum Clemente Mariani, em Camaçari, Edcarlos Rocha Lima, o suspeito de assassinar a facadas sua ex-companheira, Edna Alves de Souza, de 37 anos, teve o relaxamento da prisão determinado pela Justiça.

De acordo com o delegado da 4ª Delegacia de Homicídios de Camaçari, Dr. Geuvan Junior, o juiz indeferiu a prisão preventiva alegando que não havia indícios suficientes de autoria. Por telefone, o delegado informou à nossa reportagem que irá pedir a prisão temporária de Edcarlos. “Eu estou fazendo o pedido pra ver se o criminoso não sai daqui, estou representando nesse momento pela temporária dele”, revelou o policial.

O crime ocorreu na madrugada do último sábado (30), no bairro Santo Antônio. O sepultamento da vítima ocorreu no domingo (01), no cemitério municipal do município.


Prisão:

Edcarlos Rocha Lima, de 27 anos, foi preso no mesmo dia que havia cometido o delito. Sua captura foi feita por policiais da CETO, no bairro Alto do Triângulo. Segundo informações da polícia, Edcarlos já responde por tentativa de feminicídio contra outra ex-mulher, no ano de 2012.

Relembre o caso: Mulher de 37 anos é assassinada em Camaçari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.