Um policial militar é acusado de render dois adolescentes, de 15 anos, e agredir um deles na madrugada do domingo (10) dentro do condomínio Vida Bela I, na Itinga, Lauro de Freitas.

O denunciante, familiar de uma das vítimas, contou que os menores estavam manobrando um carro, que pertence a um amigo da família que estava em viagem, no estacionamento do condomínio durante a madrugada, quando o fato aconteceu.

Nas imagens é possível ver que o homem, identificado como Edjan Márcio Leite Silva, conhecido como “Soldado Leite”, sai do edifício apontando a arma em direção ao carro em movimento. Ele ordena os meninos a saírem do carro e deitarem no chão. Após isso, o policial começa a pisar na mão de um dos garotos.  

O irmão de uma dos adolescentes, que estava presente na ocasião, afirmou que o PM disse ser “procedimento padrão”, mesmo não estando no exercício da profissão. O policial reside no condomínio há um ano e já causou outras confusões. 

A PM foi acionada para conter o soldado, no entanto, não compareceu no local. 

Os familiares do outro jovem que vão tomar todas as medidas possíveis junto à corregedoria. 

Ainda de acordo com informações obtidas o soldado já foi da Rondesp, da 40º em Amaralina e depois foi transferido para Federação.

Em nota, a PM afirmou que, ao tomar conhecimento do fato, o comandante do Batalhão Especializado em Policiamento Turístico (Beptur), unidade na qual o policial é lotado, instaurou um procedimento administrativo para apurar o fato.

Assista o vídeo:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.