O vereador José Ramos Neto Filho (PTC) fez uma denúncia ao Ministério Público sobre o “descaso” que o Hospital Regional de Eunápolis está sendo submetido. “Nos últimos três anos, a saúde pública desse município tem vivido uma cascata de irresponsabilidades, de abandono, desrespeito e omissão por parte da gestão municipal”, disse o vereador.

O presidente nacional da Juventude Progressista, Neto Carletto, aplaudiu a iniciativa. “Falta manutenção preventiva dos aparelhos; falta instrumentos e ausência de medicamentos básicos, como dipirona, antibióticos e anestésicos. E alguns medicamentos estão sendo emprestados por clínicas ou hospitais particulares, o que ajuda a diminuir o sofrimento da população”, afirmou o líder da juventude do PP.

De acordo com o vereador, esses aparelhos estão aguardando manutenção desde janeiro deste ano, ocasionando uma demora nos atendimentos e remanejamentos de diversas cirurgias.

“O aparelho de tomografia está sem poder ser utilizado por conta de manutenção, o que gerou ao poder público uma despesa a mais, contratando uma clínica particular para que os exames continuassem a ser realizados”, informou o parlamentar.

Carletto revelou ainda que os funcionários do Hospital estão colocando dinheiro do próprio ‘bolso’ para compra de materiais e também para confeccionar as fardas e uniformes específicos para uso cirúrgico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.