Ex-chefe da Defesa Civil de Salvador, advogado e pré-candidato à prefeitura de Lauro de Freitas, pelo Partido Verde, Gustavo Ferraz, é um crítico ácido da gestão de Moema Gramacho (PT), quando é sobre a atual gestão do município, Gustavo não minimiza, ressaltando erros na: econômica da cidade, meio ambiente, educação, violência, além de não deixar de denunciar a insensibilidade ao meio ambiente.

De acordo com Ferraz, a Defesa Civil de Lauro é um gabinete de empregos. “A saúde vai muito mal, a educação nem se fala, é uma cidade extremamente violenta, sem políticas sociais, que incluam esse povo carente que tanto precisam do poder público”. No Ranking no estado da Bahia, Lauro estar na posição 215, dos 417 municípios. “É uma cidade que é a 6.ª economia no estado da Bahia”, disse.

Sobre o meio ambiente, o pré-candidato, salienta os desmatamentos, de acordo com ele existem obras sem licenças ambientais, construções sem alvarás.

“Lauro de Freitas precisa encontrar o seu rumo, não dá mais para nós continuarmos a ser administrado por uma prefeita sem a menor sensibilidade social e incompetente administrativamente’”. Finalizou Ferraz.

Por: Mara Silvany/ Hora Notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.