Uma mulher foi presa, na terça-feira (04), acusada de ser a coautora das agressões contra a filha de sete meses, em julho deste ano. Segundo a Polícia Civil, Juliana Cristina de Lima Santos, de 20 anos, teve o mandado de prisão preventiva cumprido no povoado de Barreiras, no município de Jaguaripe, no interior da Bahia.

O companheiro de Juliana e padrasto da criança, Hudson Willian de Jesus Santos, foi preso há um mês acusado da autoria das agressões contra o bebê. Segundo o titular da Delegacia Territorial de Salinas das Margaridas, delegado Fernando Vinícius Sampaio, Juliana estava afastada da criança, por decisão judicial, desde a identificação das lesões.

“Entre os indícios da participação da mãe da vítima, encontramos um histórico de agressões e maus tratos cometidos por ela, contra outros filhos. Assim que a prisão foi decretada, nos empenhamos no cumprimento”, explica. 

O bebê ainda se recupera dos ferimentos, na guarda de familiares.  

Hudson Willian já está no sistema prisional e Juliana também será encaminhada para o presídio feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.